ISIDORO NUNCA VISTO - Comemoração do centenário da nascimento do Pintor Jaime Isidoro

ISIDORO NUNCA VISTO, exposição comemorativa do centenário do nascimento do Pintor Jaime Isidoro, patente na Biblioteca Municipal de Gaia de 15 de março a 18 de abril de 2024.

Organizada por Artistas de Gaia - Cooperativa Cultural e inserida no Projeto Onda Bienal, com o apoio da Câmara Municipal de Gaia, esta mostra tem a curadoria de Daniel Isidoro e Agostinho Santos e apresenta mais de 60 trabalhos de várias épocas concebidas pelo artista homenageado. Este reconhecimento surge pelo grande trabalho desenvolvido por Jaime Isidoro, quer como artista, quer como galerista, sendo um dos principais responsáveis pelo incentivo e divulgação da obra de vários artistas e organizador dos Encontros Internacionais de Arte em Valadares, onde acolheu grandes nomes da arte e onde teve atelier durante muitos anos.

JAIME ISIDORO (1924-2009)

Nasceu no Porto (Portugal) em 21 de março de 1924. Estudou pintura na Escola de Soares dos Reis. Realizou a primeira exposição em 1945. Em 1954 fundou a Galeria Alvarez (a mais antiga galeria) que teve grande influência na divulgação da Arte Moderna em Portugal, realizou as Primeiras Exposições Póstumas de Amadeo de Souza-Cardoso (1956) e de Eduardo Viana (1967). Editou a “Revista de Artes Plásticas”. Promoveu os Encontros Internacionais de Arte e criou as Bienais Internacionais de Arte em Cerveira. Foi distinguido com a Medalha de Mérito Cultural da Câmara Municipal de V.N. de Cerveira (1982), com a Medalha (Grau Ouro) da Câmara Municipal do Porto (1988) e com a Medalha (Grau Ouro) da Câmara Municipal de Gaia (2002). Participou com tapeçaria na “Europália 91”. Patrono do “I Prémio de Pintura Jovens Artistas” (1995). Foi condecorado com a “Ordem de Mérito, Grande Oficial” pelo Presidente da República, Prof. Doutor Aníbal Cavaco Silva, em 2006. Atribuição da “Avenida Jaime Isidoro” pela Câmara Municipal de Gaia (2007). Faleceu em 21 de janeiro de 2009. Em outubro de 2012, é lhe atribuído a título póstumo a “Medalha de Honra do Município”, pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira.

VIAGEM POSTAL - Raúl Valverde

Inserida no Projeto Onda Bienal e com o apoio da Câmara Municipal de Gaia, esta mostra, patente no Gabinete da Bienal, situado na Praceta Salvador Caetano / Avenida da República (junto à Estação de General Torres), em Vila Nova de Gaia, apresenta 80 trabalhos de desenho e pintura, em formato postal 10 x 15 cm, realizados entre 2017 e 2022.

A exposição poderá ser visitada até ao dia 13 de abril de 2024, dentro do seguinte horário: de segunda a sexta-feira, das 10h às 13h e das 15h às 19h e aos sábados, das 10h às 13h.

Raúl Valverde nasceu em Lisboa, em 1965. Vive em Vila Nova de Gaia desde 1991. Militar do Exército, dedica-se às artes plásticas desde a sua juventude. É sócio de Artistas de Gaia – Cooperativa Cultural e integra o seu Conselho de Administração desde 1998. Expõe regularmente desde 1996 em diversas mostras coletivas, tendo participado como artista convidado nas várias edições do Prémio Nacional de Pintura António Joaquim, bem como nas edições da Bienal Internacional de Arte de Gaia e da Onda Bienal de Gaia e noutras exposições temáticas. Está representado em várias coleções particulares, em Portugal e no estrangeiro, bem como em acervos de diversos organismos e instituições. Esta é a sua segunda exposição individual.